16/09/2013

Propagandas antigas




Este cordel contou com a colaboração dos meus irmãos e também do meu cunhado Jorginho e do meu genro Cleirton que me enviaram subsidios via e-mails para a formação deste. Agradeço a todos e prometo que em breve lançarei outra edição.

Zapeando na internet
Umas fotos eu encontrei
Lembrei-me do meu passado
E à minha infância voltei
Saudades eu senti
Da cidade em que nasci
Dos lugares que morei

Tem uma coisa que não esqueço
E não dá pra esquecer
As mulheres arrumando o cabelo
Usando um tal de laquê
Diziam que tinham bom gosto
Pois só usavam no rosto
Produtos Cashimere Bouquê

Nosso programa da tarde
Era assistir televisão
Ver aquelas propagandas
Era nossa diversão
Eu ficava admirado
Achando tudo engraçado
Prestando bem atenção

Dos remédios lembro bem
Duvido que eu esqueça
Tomava cibalena ou melhoral
Quando tinha dor de cabeça
Biotônico Fontoura e Emulsão Scott
Remédios pra ficar forte
E pra que eu não adoeça

Bromil pra tosse e bronquite
Atroveran pra cólicas intestinais
Elixir Paregórico e enterovioform
Para dores estomacais
Pra ficar bom era assim
Vick Vapurub e transpumim
Pra congestionamentos nasais

Se levasse uma pancada
Já sabia o que usar
Ou usava Iodex
Ou emplasto Sabiá
Pra queimadura Paraqueimol
O laxante era Agarol
Muito bom pra evacuar

Castaniodo para Hemorróidas
Varizes ou sangue ruim
Pra tirar ceras dos ouvidos
Tinha que ter Cerumim
Para as regras de mulher
Tinha o Regulador Xavier
As coisas funcionavam assim

Lavolho pra olhos irritados
Furacim pra queimaduras
Passava Hipogloss ou Dermil
Se houvesse assaduras
Lactopurga era purgante
Leite de Magnésia era o laxante
Para todas as criaturas

Dos cigarros eu me lembro
Porque diziam fazer mal
Desde Hollywwod, Minister e Belmomt
Até Derby, Clássico e Continental
Arizona, Capri, Consul e BB
Você podia escolhar
Uns de marca internacional

Refrigerente eu lembro
Porque tinham de montão
Crush, Fante e Mirinda
Guaraná Cacique e Blimp limão
Tinha um tal de grapette
Pois quem bebe repete
Este chamava atenção

De sabonete posso falar
Porque sou admirador
Alma de Flores, Phebo, Lux de luxo
Palmolive, Fofo e Senador
Spree, Eucalol e Gessy
E para não esquecer
O Dove tinha seu valor

Tinha carros importados
Mas também tinha nacional
Aerowillws era importado
Feito aqui tinha a Rural
Tinha Jeep, Gordine e DKV
E para eu não esquecer
Sinca tufão era o maioral

Os perfumes daquela época
Acho que não vou esquecer
Mirurgya, Topázio, Charisma
Matinal, Seiva de Alfazema, Contorrê
Toque de amor ou Royal Briá
Bastava um destes usar
Pro mulheril enlouquecer

Vou parando por aqui
Mas tenho muito a contar
Senão o cordel fica imenso
E o leitor vai se cansar
Mas prometo outro cordel
Material tenho a granel
Vocês não perdem por esperar


←  Anterior Proxima  → Página inicial